23. dez, 2016

Feng Shui: Como Mudar a Energia da sua Vida em 2017

Queridos Leitores,

Por dias estou pensando nas Dicas de Feng Shui para 2017, ontem (22/12) meu filho que hoje está com 3 anos e 8 meses me ajudou a refletir o que devo fazer para renovar a energia da minha casa e da minha vida a cada ano que se inicia.

Para entender a técnica te convido a ler novamente as dicas de 2015 para 2016 (Feng Shui: Dicas para atrair Boas Energias em 2016), mas para entender a fundo o significado da prática te convido a uma reflexão.

Nosso corpo físico e nosso lar têm a mesma função, eles abrigam essências que necessitam de cuidado e atenção.

Quando aplicamos o Feng Shui na íntegra compreendemos que todas as áreas de nossa vida são importantes (trabalho, saúde, amor, família, sabedoria, sucesso, prosperidade e filhos) e todas, sem exceção, necessitam da mesma atenção para que possamos estar inteiros e em equilíbrio.

A prática de tirar da nossa casa objetos que estão velhos e quebrados, nada mais é do que entender que necessitamos nos livrar de mágoas, ressentimentos e até mesmo do apego à boas lembranças de momentos que não poderão ser vividos novamente, é preciso fazer uma boa faxina, se desapegar de coisas antigas e dar espaço ao novo, ao que podemos realmente desfrutar no tempo presente, no aqui e agora.

Ontem espalhei pelo chão todos os brinquedos do meu filho e a ele disse que era necessário abrir espaço no armário para que o Papai Noel pudesse lhe trazer brinquedos novos, ou seja, deixar 10% livre para vir o novo. Conforme revirávamos os brinquedos me surpreendia com as reações e falas dele: "Mamãe esse é de bebezinho, eu não sou mais bebê, pode dar para outra criança", "Esse não serve mais, eu não brinco com ele", quanta sabedoria na visão de uma criança, ele não se apega, ele sabe que a vida é feita de ciclos e que cada brinquedo fez sentido em uma determinada fase de sua vida.

Sabe a moda? A moda não dita quem eu sou, mas ela pode me dizer em que momento estou. Por que ainda guardamos roupas esperando voltar à moda? Será que esperamos voltar a moda ou não queremos nos desapegar de determinada fase de nossa vida? O que nos prende ao passado?

Assim como objetos e roupas, a vida é feita de ciclos, portanto é preciso renovar, aceitar e entender o que faz mais sentido neste exato momento, observemos nossa casa e à nós mesmos, em que fase estou? Uma criança de 3 anos entende que não necessita mais de brinquedos de bebês, mas com o passar dos anos talvez esses ciclos vão ficando mais sutis e é preciso uma auto observação mais profunda.

Uma casa doente apresenta infiltrações, rachaduras, mal cheiro, problemas na pintura e afeta diretamente as vidas que nela habitam, um corpo doente também nos limita no trabalho, nos relacionamentos, nas experiências dessa preciosa vida, é preciso cuidar.

Quando compreendemos que o que está dentro está fora, entendo que a mesma bagunça da casa é a bagunça dos meus barulhos internos, e cabe a mim organizar.

Ajustes e curas que fazemos em nossa casa usando as técnicas do Feng Shui nos permitem entender que não estamos sós, plantas tem o poder de cura e renovação, cristais possuem elementos que trabalham a nosso favor, deixar a energia fluir nos ajuda a respirar e observar o que precisa ser feito para resolver um problema, equilibrar a energia ajuda nosso corpo vibrar em uma frequência melhor, tudo isso proporciona a paz que precisamos para equilibrar todas as áreas de nossas vidas (trabalho, saúde, amor, família, sabedoria, sucesso, prosperidade e filhos).

Portanto se você quer saber como: busque a técnica, mas se precisa saber o resultado: busque a prática, somente através da prática seremos capazes de encontrar o que desejamos.

Feliz 2017! Que seja um Ano de luz, paz e acima de tudo compaixão!

Cristiane Mazará